Áreas de Atuação

Musicoterapia

A musicoterapia utiliza a música e seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia) no atendimento individual ou em grupo, num processo destinado a facilitar e promover comunicação, interação social, mobilização, expressão, aprendizagem e outros objetivos terapêuticos relevantes. A finalidade é atender as necessidades físicas, mentais, sociais e cognitivas. A musicoterapia consiste não apenas na utilização da música como também foca no uso de experiências musicais. Este tipo de abordagem terapêutica busca o desenvolvimento e/ou restauração de funções e potenciais do indivíduo a partir do fazer musicoterapêutico (BALL, 2004; OLDFIELD, 2006; ACCORDINO, COMER e HELLER, 2007).

O processo musicoterapêutico é dividido em três etapas básicas: avaliação diagnóstica, fase em que o terapeuta observa o paciente e os seus familiares ou responsáveis para compreender e identificar de que maneira o paciente e a sua família se relacionam com a problemática apresentada; tratamento, fase do processo em que o paciente interage com as quatro ferramentas básicas (música, sons, voz e instrumentos musicais) e o musicoterapeuta estabelece uma relação de apoio e escuta integral ao indivíduo, realizando suas intervenções de acordo com interação apresentada pelo paciente; avaliação, etapa em que o terapeuta faz considerações sobre se houve ou não modificação da problemática do paciente diante da avaliação inicial (GALLARDO, 2004; SCHAPIRA et al., 2007).

RAINHA galeria musicoterapia4
« 1 de 4 »

A terapia é dividida nas seguintes modalidades: